Como criar um ótimo plano de manutenção para seu site WordPress

Criar um site de sucesso do qual você se orgulha não é uma tarefa fácil. Quer seja um blog, um site de geração de leads ou uma loja de comércio eletrônico, é preciso muito tempo e esforço para chegar onde você deseja. Infelizmente, você não irá muito longe sem a manutenção adequada do WordPress.

A execução de tarefas de manutenção regulares é um componente crucial para o funcionamento de qualquer site de sucesso. Ser diligente no desenvolvimento e na execução de um plano pode ajudá-lo a evitar problemas maiores no futuro.

Nesta postagem, discutiremos por que a manutenção do site é essencial. Em seguida, compartilharemos três dicas sobre como desenvolver um plano de manutenção sólido para o seu site WordPress. Comecemos!

Por que a manutenção do site é importante

O WordPress está continuamente mudando e melhorando. A realização de manutenção regular em seu site ajuda a garantir que ele permaneça atualizado e funcionando perfeitamente em todos os momentos.

As tarefas de manutenção oferecem a oportunidade de obter uma visão geral do seu site. Você pode identificar problemas potenciais e tratá-los antes que se tornem problemas graves. Durante sua avaliação, você também pode identificar oportunidades de melhoria, como atualização do tema ou estrutura do site.

A manutenção do site é semelhante à manutenção do carro. Se você perder muito tempo negligenciando sua manutenção, eventualmente a lista de problemas só vai aumentar e piorar. Antes que você perceba, você pode acabar com despesas severas e caras que, de outra forma, poderia ter evitado.

Além do desempenho, a manutenção também afeta a segurança do site e a otimização do mecanismo de pesquisa (SEO). Sites com manutenção insuficiente e desatualizados costumam ser alvos de ataques cibernéticos e podem sofrer quedas nas classificações dos mecanismos de pesquisa.

Leia Também:  Como criar um link curto no WordPress (a maneira mais fácil)

Como desenvolver um plano de manutenção sólido para seu site WordPress (3 dicas)

Agora que cobrimos a importância de manter seu site mantido, vamos discutir três dicas sobre como desenvolver um plano sólido.

1. Decida com que frequência você planeja fazer a manutenção do site

A frequência com que você realiza a manutenção depende muito do tráfego e do conteúdo do seu site. Se for um site muito movimentado e com muito conteúdo, é melhor checá-lo com frequência, ou seja, pelo menos quatro vezes por ano. Sites menores podem durar um pouco mais, mas ainda precisam de cuidados pelo menos duas vezes por ano.

Mesmo com uma programação de manutenção em vigor, algumas tarefas podem ser executadas com mais frequência do que outras. Por exemplo, você deve instalar as atualizações principais do WordPress assim que estiverem disponíveis. Se você perceber que tem muitas mídias não utilizadas, reserve um tempo para excluir esses arquivos antes que eles afetem o desempenho do seu site.

Se você descobrir que tem um número enorme de tarefas, considere distribuí-las ao longo do ano, trabalhando em algumas a cada mês. Contanto que você manuseie cada item regularmente, não há necessidade de se preocupar em fazer tudo ao mesmo tempo.

No entanto, se o seu site for hackeado ou corrompido de alguma outra forma, convém passar por todo o processo de manutenção. Isso pode ajudar a descobrir quaisquer problemas remanescentes que você possa ter esquecido.

2. Escolha quais tarefas incluir em seu plano

Dependendo da finalidade do seu site, algumas tarefas de manutenção podem ser mais importantes do que outras. No entanto, recomendamos instalar constantemente todas as atualizações e remover temas e plug-ins não utilizados.

Leia Também:  Como indexar o novo conteúdo do WordPress mais rápido no Google

Outra tarefa que você pode considerar incorporar ao seu plano de manutenção é conduzir uma auditoria de conteúdo. Não só é uma forma eficaz de ajudar a preencher seu calendário editorial, mas também pode ajudá-lo a encontrar problemas como links quebrados e comentários de spam.

Se você tem muito conteúdo em seu site, pode usar uma ferramenta como Sapo gritando:

A ferramenta Screaming Frog SEO Spider.

Esta é uma ferramenta freemium que você pode usar para melhorar o SEO do seu site. Economiza tempo coletando seus URLs e extraindo dados para auditoria.

Alterar suas senhas também merece um lugar no seu plano de manutenção do WordPress. Como os ataques de força bruta são uma preocupação para sites WordPress, você pode querer testar a força de novas senhas usando uma ferramenta como Quão segura é minha senha?:

O quão forte é minha senha?

Como mencionamos, gastar tempo limpando sua biblioteca de mídia também é aconselhável, pois arquivos não utilizados podem sobrecarregar rapidamente seu armazenamento. Ao fazer isso, verifique se as imagens que você está usando estão otimizadas corretamente.

Por fim, não se esqueça de fazer backup do seu site e do banco de dados WordPress. Se você está preocupado que esta tarefa está saindo da sua cabeça, você pode querer usar uma ferramenta como UpdraftPlus:

O banner do plugin UpdraftPlus.

Com UpdraftPlus, você pode agendar seus backups automaticamente e armazená-los na nuvem. O plugin está disponível gratuitamente e versão premium.

3. Considere terceirizar a manutenção do seu site WordPress

Administrar um site é um trabalho de tempo integral por si só, quanto mais quando você adiciona manutenção à mistura. Embora os plug-ins possam ajudar a aliviar parte do fardo, eles não são uma solução abrangente.

Leia Também:  Baixe 10 plug-ins grátis para acelerar seu site WordPress

Portanto, você pode considerar ter um terceiro para cuidar de parte, ou mesmo de toda a manutenção do seu site. Por exemplo, o Suporte Técnico WP é um Manutenção WordPress e provedor de suporte que oferece vários planos:

Planos de manutenção do WordPress do suporte técnico da WP.

Ter alguém dedicado à manutenção pode ajudar a garantir que as tarefas sejam concluídas de forma correta e consistente. Você também pode obter acesso a serviços de suporte e limpeza, o que é útil se o seu site for comprometido. Embora essa rota exija algum investimento financeiro, ela pode compensar significativamente, economizando tempo e evitando crises.

Conclusão

O desenvolvimento de um plano de manutenção WordPress sólido é uma etapa proativa que deve fazer com que seu site tenha o melhor desempenho. No entanto, descobrir como fazer isso pode ser um desafio.

Conforme discutimos nesta postagem, você pode usar as três dicas a seguir para criar seu plano:

  1. Decida com que freqüência realizar a manutenção.
  2. Escolha quais tarefas incluir em seu plano.
  3. Considere terceirizar a manutenção do seu site WordPress.

Quais tarefas estão no topo da sua lista de tarefas de manutenção? Compartilhe conosco na seção de comentários abaixo!

Compartilhe este Link:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Deixe um comentário

Receba nossos preços
e condções direto no seu email

Por favor, preencha os campos abaixo:

Preferência de contato: